Senadores repercutem morte da economista Maria da Conceição Tavares

Por Agência Senado — A economista Maria da Conceição Tavares morreu no sábado (8) em Nova Friburgo (RJ), aos 94 anos. Um dos maiores nomes brasileiros do pensamento econômico desenvolvimentista, ela era filiada ao PT desde 1994, foi professora titular da Universidade de Campinas (Unicamp), professora emérita da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e deputada federal pelo Rio de Janeiro, de 1995 a 1999. A professora sempre defendeu que o Estado fosse responsável pelo desenvolvimento econômico do país. Senadores lamentaram a morte da economista.