Comissão de Saúde aprova mutirões de exames preventivos durante o Outubro Rosa

Audiência Pública - Tratamento do TDAH no SUS. Dep. Dr. Zacharias Calil (UNIÃO - GO)
Zacharias Calil, relator da proposta - Bruno Spada/Câmara dos Deputados

Por Câmara dos Deputados — A Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei 4941/23, que prevê a realização de mutirões de exames para prevenção, detecção e controle do câncer de mama entre as atividades a serem desenvolvidas durante a Campanha Outubro Rosa. A proposta do Senado Federal altera a legislação que cria essa campanha.

O Outubro Rosa tem o objetivo de conscientizar e alertar toda a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e outros tipos da doença que atingem as mulheres, aumentando as chances de cura e reduzindo a mortalidade.

Relator no colegiado, o deputado Dr. Zacharias Calil (União-GO) lembrou que as mulheres brasileiras já sofrem menos com complicações do parto, graças à ampliação da oferta de pré-natal, e com doenças infecciosas, devido à melhoria das condições de vida e dos tratamentos.

“Nossas mulheres estão vivendo mais e melhor. Infelizmente, isso as sujeita à maior incidência de outros problemas de saúde, entre os quais o câncer de mama, que, se no passado já foi uma sentença de morte, hoje pode ser tratado, controlado e mesmo curado, desde que seja adequadamente diagnosticado em uma fase inicial. Para isso são necessários exames específicos”, destaca o relator, que é médico.

Para ele, o projeto amplia o alcance das medidas de prevenção e detecção precoce do câncer e, como consequência, aumenta as chances de cura das mulheres.

Próximos passos
A proposta será ainda analisada, em caráter conclusivo, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem – Murilo Souza
Edição – Ana Chalub