Suspeito de chefiar facção criminosa no Acre é preso em casa de luxo na Paraíba

Polícia Federal na Paraíba — Foto: Polícia Federal/Divulgação
Polícia Federal na Paraíba — Foto: Polícia Federal/Divulgação

Por g1 PB — Um homem suspeito de chefiar uma facção criminosa no estado do Acre foi preso na Paraíba, nesta quinta-feira (6), em uma operação conjunta envolvendo várias forças de segurança. De acordo com a Polícia Federal, um carro de alto custo foi apreendido durante a operação que prendeu o suspeito.

As autoridades consideram o suspeito, que não teve o nome divulgado, como um dos maiores traficantes da região Norte do país e um dos principais responsáveis pelo envio de drogas para o Nordeste. Contra ele havia um mandado de prisão preventiva expedido pela 1ª Vara do Tribunal do Juri da Comarca de Rio Branco.

Segundo a PF, o homem também responde a um processo por homicídio qualificado. Ele vai responder também por falsificação de documento, com intuito de ocultar a verdadeira identidade.

A prisão desta quinta-feira (6) é a segunda de um suspeito de envolvimento com facção criminosas do Acre na Paraíba nesta semana. Na quarta, uma prisão foi registrada no município do Conde, no litoral do estado. De acordo com as investigações, ele fugiu do Acre e se fixou na capital paraibana justamente para tentar escapar da Justiça. Ele era considerado um dos homens mais procurados do Acre e mesmo de longe ele ainda tinha o poder de comandar as ações da facção no estado nortista.

Contra o suspeito havia dois mandados de prisão, ambos emitidos pela Justiça do Acre, sendo que um era por homicídio e outro por organização criminosa, tráfico de drogas e roubo.

No local onde ele foi preso, foram encontrados documentos falsos e por isso ele vai responder também por falsidade ideológica. De acordo com o delegado Diego Beltrão, que comandou a operação, ele vinha morando em João Pessoa com essas identidades falsas.