SpaceX lança foguete gigante ao espaço em quarto voo de teste

Close-up Look At SpaceX Starship 20
© Reginald Mathalone/NurPhoto/Direitos reservados

Por Agência Brasil — O gigantesco foguete Starship, da SpaceX, foi lançado ao espaço do sul do Texas nesta quinta-feira (6) para seu quarto voo de teste. O objetivo principal, considerado complicado, é sobreviver a uma reentrada extremamente quente na atmosfera da Terra, a fase violenta em que se desfez na última tentativa.

A espaçonave de dois estágios, que consiste na nave Starship montada sobre seu imponente foguete de propulsão Super Heavy, decolou do local de lançamento Starbase da empresa, próximo à Boca Chica Village, no sul do Texas, enviando poderosas ondas de choque que se propagaram pela densa neblina da Costa do Golfo.

O primeiro estágio do sistema de foguetes, o Super Heavy, separou-se do estágio superior Starship três minutos após o início do voo, a dezenas de quilômetros acima do solo, enviando o Starship em direção ao espaço.

Super Heavy voltou e parece ter conseguido um pouso suave no Golfo do México. Enquanto isso, o Starship acionou seus próprios motores para iniciar a jornada ao redor do globo em direção ao Oceano Índico, uma viagem de aproximadamente 90 minutos.

Lá, ele tentará retornar à Terra e sobreviver ao calor intenso da reentrada atmosférica – o ponto crucial no qual ele falhou em março.

A missão desta quinta-feira é o mais recente teste na campanha de desenvolvimento de foguetes da empresa de Elon Musk.

Projetado para ser mais barato e mais potente do que o foguete Falcon 9, carro-chefe da SpaceX, o Starship – com quase 122 metros de altura – representa o futuro do negócio dominante de lançamento de satélites e astronautas da empresa. Ele deverá ser usado pela Nasa, a agência espacial norte-americana, nos próximos anos para pousar os primeiros astronautas na Lua desde 1972.

*É proibida a reprodução deste conteúdo.