Preço da cesta básica aumenta 15% nos cinco primeiros meses de 2024 em Natal, aponta Dieese

Preço do tomate subiu 5,7% em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi
Preço do tomate subiu 5,7% em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV CabugiNatal teve o maior aumento no valor da banana entre as capitais pesquisadas — Foto: Mariana Gonçalves/g1

Por g1 RN — O preço da cesta básica subiu 15,11% em Natal nos cinco primeiros meses do ano. É o que aponta a edição mensal da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos publicada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

A pesquisa mostrou que em maio o preço médio subiu em 11 das 17 capitais analisadas. Natal teve aumento de 1,24% em maio e fechou o preço da cesta básica em R$ 640,10. Esse valor representa 49% de um salário mínimo, considerando o valor líquido, após o desconto de 7,5% da Previdência Social.

📳Participe do canal do g1 RN no WhatsApp

Entre abril e maio de 2024, oito dos doze produtos que compõem a cesta básica tiveram alta nos preços médios: tomate (5,70%), açúcar refinado (3,85%), carne bovina de primeira (3,77%), café em pó (3,65%), manteiga (2,71%), leite integral UHT (1,06%), farinha de mandioca (0,97%) e óleo de soja (0,41%).

Outros três alimentos apresentaram redução: banana (-9%), feijão carioca (-3,97%) e pão francês (-0,21%). O arroz agulhinha não apresentou variação no período.