G20 é oportunidade para Brasil assumir liderança sobre pauta climática, aponta debate

Por Agência Senado — Em 2024, o Brasil sediará a cúpula de chefes de Estado e governo do G20 pela primeira vez, no Rio de Janeiro. Agendado para os dias 18 e 19 de novembro, o encontro é uma oportunidade de promover, junto aos demais líderes, o crescimento econômico e a sustentabilidade ambiental. Foi o que afirmou a ministra do Meio Ambiente e Mudança Climática, Marina Silva, durante a sessão de debates temáticos no Plenário do Senado sobre a presidência brasileira da cúpula, que reúne as 19 principais economias do mundo, a União Europeia e, mais recentemente, a União Africana.

A senadora Leila Barros (PDT-DF) lembrou que os países do G20 somam 85% do PIB mundial e 75% do comércio internacional.