Inscrições prorrogadas para edital “a.colher” fruto da parceria entre a Nestlé e Co.liga Digital com projeto de aceleração de negócios em gastronomia

Para jovens de 18 a 29 anos, o curso é gratuito e tem como foco ampliar as oportunidades de geração de renda. — Foto: Divulgação

A Atitude Cooperação está junto com a Co.liga Digital e a Nestlé na divulgação do edital a.colher, um lançamento recente da Nestlé que disponibiliza cursos gratuitos na área da economia criativa. O edital vai capacitar 500 jovens do Brasil, de 18 e 29 anos, que tenham interesse em empreender na área da gastronomia. As inscrições foram prorrogadas e agora seguem até dia 16 de junho através do https://coliga.digital/oportunidades/projeto-acolher

O programa é realizado em parceria com a co.liga, escola digital de cursos gratuitos no campo da economia criativa, como gastronomia, música e multimídia, e é voltado para jovens em vulnerabilidade social, sendo que 5% das vagas são para pessoas com deficiência. Em Natal, a captação desses jovens e a divulgação da parceria é realizada pela Atitude Cooperação, instituição atuante na Zona Oeste de Natal, com foco no desenvolvimento de pessoas e o crescimento sustentável das comunidades atendidas.

“Nosso objetivo é ampliar as oportunidades de geração de renda e inclusão por meio da capacitação e da aceleração de negócios, que podem ser embrionários ou estar ainda no campo das ideias. Esse programa abrirá caminhos para muitos jovens transformarem suas vidas por meio do conhecimento e do trabalho”, afirma Helen Andrade, diretora de Diversidade e Inclusão da Nestlé Brasil.

As pessoas selecionadas vão participar de ciclos de aprendizagem organizados em três etapas. A primeira é a Jornada Formativa, composta por quatro aulas online com carga horária mínima de cinco horas cada, e cinco encontros virtuais síncronos de até duas horas, com a equipe da co.liga e profissionais da gastronomia.

Na segunda etapa, todos terão a oportunidade de inscrever um projeto ou negócio no ciclo de Aceleração de Negócios Gastronômicos. Dessa fase, serão selecionados 30 projetos, que receberão uma bolsa de R$300 cada para participar de quatro rodadas de mentoria, além de encontros com profissionais do mercado e acesso a uma nova formação da co.liga, voltada a profissionais da área.

A fase final, programada para abril de 2025, terá uma nova rodada de avaliação e selecionará três projetos vencedores, os quais receberão um aporte de R$5 mil cada e uma viagem totalmente custeada pelo edital para conhecer a cozinha da Nestlé em São Paulo, ampliando seus aprendizados e relacionamento com profissionais da área.

“A formação das juventudes para entrada no mundo do trabalho é uma urgência do Brasil. Especialmente em trajetórias que apontam para o contexto do presente e de um futuro próximo, com atenção às transformações que estamos vendo no universo profissional e do mercado de trabalho”, afirma João Alegria, Secretário Geral da Fundação Roberto Marinho, criador da plataforma co.liga, junto com a Organização de Estados Ibero-americanos (OEI).