Dia Nacional de Conscientização sobre Doenças Crônicas é aprovado pela CAS

Em pronunciamento, à bancada, senadora Damares Alves (Republicanos-DF).
Aprovado com relatório de Damares Alves, o PL 613/2019 segue para sanção presidencial Geraldo Magela/Agência Senado

Por Agência Senado — A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) aprovou nesta quarta-feira (5), em decisão final, projeto que fixa o dia 10 de dezembro como Dia Nacional de Conscientização sobre Doenças Crônicas (PL 613/2019). A proposta, da Câmara dos Deputados, recebeu parecer favorável da senadora Damares Alves (Republicanos-DF) e, caso não haja recurso para votação em Plenário, segue para sanção da Presidência da República.

Para Damares Alves, definir um dia de conscientização colabora com a promoção da saúde e do bem-estar por meio da prevenção e do diagnóstico precoce, já que doenças crônicas estão entre as principais causas de mortalidade no mundo.

As doenças crônicas se caracterizam por terem causas incertas, diferentes fatores de risco e duração prolongada, podendo causar deficiências ou incapacidades funcionais. Diabetes, hipertensão, colesterol alto, asma, entre outras, estão entre as mais comuns no Brasil.

“A criação de um dia nacional dedicado a esse tema também pode incentivar a adoção de estilos de vida mais saudáveis, mitigando os fatores de risco associados a essas doenças”, afirmou a relatora em seu parecer.

Damares considera que a conscientização pode ajudar a reduzir custos para o sistema de saúde público, pois a prevenção diminui a necessidade de tratamentos médicos caros e de intervenções de emergência.

A relatora também afirma que a proposta está alinhada com os objetivos de desenvolvimento sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), que incluem os esforços para redução da mortalidade por doenças não transmissíveis via prevenção e tratamento.

CAS

A Comissão de Assuntos Sociais conta com 21 titulares e 21 suplementes, sendo presidida pelo senador Humberto Costa (PT-PE).