Kleber Rodrigues enaltece nova campanha da ALRN sobre capacitismo

A nova campanha da Assembleia Legislativa será lançada no próximo dia 12, para pessoas com deficiência. — Foto: Eduardo Maia

Com mandato voltado à defesa dos direitos das pessoas com deficiência, o deputado Kleber Rodrigues (PSDB) repercutiu nesta terça-feira (4), em pronunciamento na sessão plenária da Assembleia Legislativa, a nova campanha a ser lançada pela Assembleia Legislativa, no próximo dia 12, explorando como tema o capacitismo.

“Como todos sabem, a luta pela inclusão é um propósito abraçado por mim há alguns anos. Quando recebi o mandato outorgado pelo povo, fiz desta tribuna um ecoar de reivindicações, defesas e cobranças pelo direito das pessoas com deficiência. Eis que agora esta Casa traz uma nova vertente para este debate com uma robusta campanha sobre o capacitismo”, disse Kleber Rodrigues.

De acordo com dados apresentados por ele, o Rio Grande do Norte é um dos Estados que, proporcionalmente, tem o maior número de deficientes, e o Disque 100, canal de denúncias sob gestão da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania, registra 394 mil violações contra as pessoas com deficiência no país só em 2023, com destaques para a negligência à integridade física, a exposição de riscos à saúde, maus tratos e tortura psíquica.

“Muitos são os desafios, gigante é a luta em defesa dessas pessoas. E tudo isso passa pela democratização do tema; abordar, abertamente, nos veículos de comunicação, nas audiências públicas, nas instituições de uma forma geral, a causa do deficiente. E nessa estrada o capacitismo precisa ser combatido com esclarecimento, informações educativas, mas também com muita altivez”, explicou ele.

Kleber alertou ainda para a necessidade em se combater também os abusos decorrentes da omissão. “Não oferecer atendimento prioritário às pessoas com deficiência ou não garantir recursos de acessibilidade, por exemplo, escancara, de forma muito cruel as desigualdades sociais e compromete o desempenho, produtividade e autoestima das pessoas deficientes”, acrescentou.

Enaltecendo a iniciativa do Legislativo potiguar, o parlamentar reforçou convite à população para o lançamento da campanha. “Se a inclusão é causa de todos nós, precisamos atuar proativamente a partir disso. A luta pela inclusão passa, sem dúvida nenhuma, pelo combate ao capacitismo. Por isso, esta campanha que será lançada é uma grande convocação para todos, absolutamente todos nós. A causa é legítima, digna e comum”, concluiu.