Trabalhadores ficam feridos após marquise desabar em obra em galpão na Zona Oeste de Natal

Marquise caiu e atingiu trabalhadores em Natal — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi
Marquise caiu e atingiu trabalhadores em Natal — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV CabugiAcidente aconteceu em galpão na Zona Oeste — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV CabugiQueda de marquise na Zona Oeste de Natal — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Por g1 RN — Quatro trabalhadores foram atingidos após uma marquise que estava sendo reformada cair na tarde desta segunda-feira (3) em um galpão no bairro Nordeste, na Zona Oeste de Natal. Dois dos trabalhadores precisaram ser levados ao hospital, mas sem ferimentos graves, de acordo com o Corpo de Bombeiros.

A obra era para a instalação de uma extensão metálica em uma marquise de concreto que já existia na fachada do galpão, que fica na Rua Jandira, segundo explicou o Corpo de Bombeiros.

📳Participe do canal do g1 RN no WhatsApp

Em determinado momento da obra, a estrutura de concreto não aguentou e desabou. Dois dos trabalhadores estavam em cima do andaime e os outros dois, embaixo.

“Essa fachada caiu, cedeu por cima da estrutura, derrubando toda a estrutura metálica também”, explicou o tenente Diego Cavalcante, do Corpo de Bombeiros.

Um dos trabalhadores ficou com o pé preso embaixo de um pedra, mas foi ajudado por pessoas que passavam pelo local na hora do acidente.

Segundo o soldador Jair Eduardo Felinto, que trabalhava na obra, o acidente aconteceu no momento em que as telhas eram colocadas. “A estrutura arriou por completo, até a parede. Foi de fora a fora”, disse.

A entrada do prédio, onde aconteceu o desabamento, precisou ser isolada por riscos de novos desmoronamentos na fachada e por riscos de choque elétrico. A liberação acontece após limpeza total da área e análise da Cosern. Na parte interna, no entanto, foi verificado que estrutura estava segura.

Além disso, os bombeiros verificaram que o local não estava regularizado em relação ao certificado de combate a incêndio. “Foi verificado que não consta que estão em dia. Então vão ser notificados para que se regularize”, explicou o tenente Diego Cavalcante.

Como a estrutura também caiu na rua, o trecho precisou ser interditado pela Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU), o que deixou o trânsito mais lento na região para quem saía da Zona Norte.