Falha na bolsa de NY provoca volatilidade em dezenas de ações

Traders e equipes na Nyse reagem a problemas técnicos na bolsa de Nova York, EUA
3/6/2024 REUTERS/Brendan McDermid
© REUTERS/Brendan McDermid

Por Agência Brasil — Uma falha na bolsa de valores de Nova York (Nyse) provocou grandes oscilações nas ações da Berkshire Hathaway e da Barrick Gold, além de interrupções na negociação de dezenas de outras empresas nesta segunda-feira (3), antes que a bolsa resolvesse o problema.

A Nyse, de propriedade da Intercontinental Exchange, disse em seu site que havia resolvido um problema técnico reportado e que as ações afetadas haviam retomado a negociação.

Pelo menos 60 ações listadas na Nyse tiveram suas negociações interrompidas devido à volatilidade e alguns papéis apresentaram movimentos excessivamente incomuns.

As ações da Berkshire Hathaway e da Barrick Gold mostraram quedas de 99,97% e 98,54%, respectivamente, devido ao problema técnico, antes que essas negociações fossem corrigidas.

A Nyse disse que o problema estava relacionado às faixas conhecidas como “Limit Up-Limit Down”, destinadas a prevenir a volatilidade extraordinária no mercado e movimentos extremos de preço em ações individuais, impedindo negociações fora de faixas de preço específicas que são atualizadas ao longo do pregão.

A faixa de preço para cada papel é definida em um nível percentual acima e abaixo de seu preço médio dos últimos cinco minutos.

Problemas técnicos nas bolsas podem afetar os mercados, impactar a confiança dos traders e atrair escrutínio de reguladores.

“Não acho que o mercado em geral esteja reagindo”, disse Art Hogan, estrategista-chefe de mercado da B. Riley Financial.

A Nyse não respondeu imediatamente a um pedido de comentário da Reuters.

*Reportagem adicional de Chuck Mikolajczak e Noel Randewich

É proibida a reprodução deste conteúdo