Campus da UFSC passa a se chamar Luiz Henrique

Luiz Henrique, em 2015, no Plenário do Senado: ao defedenderem o nome do parlamentar para o campus da UFSC, Bauer e Cristovam enalteceram sua grandeza como homem público Pedro França/Agência Senado

Por Agência Senado — Luiz Henrique, ex-senador e ex-governador de Santa Catarina, passa a dar nome ao campus da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em Joinville. Lei neste sentido (Lei 14.864 de 2024) foi sancionada, sem vetos, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e publicada no Diário Oficial da União em 28 de maio.

A lei deriva do Projeto de Lei do Senado 353/2015, apresentado há nove anos pelo então senador Paulo Bauer (SC), com o objetivo de “prestar justa homenagem póstuma ao professor, advogado e ilustre homem público catarinense”. A proposta foi aprovada na Comissão de Educação (CE) na forma do relatório do ex-senador Cristovam Buarque (DF), que também enalteceu o homenageado como “uma das figuras públicas mais respeitadas do país”.

Luiz Henrique da Silveira faleceu em 10 de maio de 2015, aos 75 anos, quando exercia mandato no Senado. Além de senador desde 2011, Luiz Henrique foi prefeito de Joinville por três mandatos, deputado federal, deputado estadual e governador de Santa Catarina por dois mandatos, entre 2003 e 2010.

Alcides de Freitas Assunção

Em outra lei sancionada sem vetos e publicada em 28 de maio, passa a se chamar Alcides de Freitas Assunção um viaduto na rodovia BR-153, em São José do Rio Preto (SP). A Lei 14.866 de 2024 deriva do Projeto de Lei 2112/2019, da Câmara dos Deputados, e aprovada no Senado na forma do relatório do senador Astronauta Marcos Pontes (PL-SP). Antes de ser analisado em Plenário, o texto foi aprovado na Comissão de Educação e Cultura (CE).

A proposta veio homenagear o empresário Alcides de Freitas Assunção, que se tornou um empreendedor reconhecido no estado de São Paulo ao fundar a Transportadora Assunção — empresa rodoviária de cargas. Ele nasceu em São Paulo em 1933 e faleceu em 2007.