Empreendedor que teve startup vendida para multinacional será mentor no NEon

Executivo será um dos mentores de evento que acontece em João Pessoa nos dias 6 e 7 de junho. — Foto: Jefss Sacra
Executivo será um dos mentores de evento que acontece em João Pessoa nos dias 6 e 7 de junho. — Foto: Jefss Sacra

Por g1 PB — Com 26 anos de trajetória no mundo dos negócios e tendo vendido sua empresa para a multinacional Stone, o empresário Marcus Varandas será um dos mentores do Nordeste ON, em João Pessoa. O evento, realizado pelo Sebrae, ocorre nos próximos dias 6 e 7 de junho, contará com uma série de palestras, mentorias individuais e coletivas, oficinas, painéis, rodadas de negócios e pitches.

“Depois de anos como executivo, resolvi me dedicar a ajudar outros empreendedores a seguir o mesmo caminho”, conta Varandas. O empresário foi CEO da fintech de serviços financeiros e de pagamentos, a MVarandas, especializada em soluções para a gestão de food service. Mesmo após a aquisição pela Stone em 2020, ele permaneceu a frente da empresa, fazendo-a dobrar seu faturamento e expandir sua equipe de 40 para 140 talentos. Marcos também se tornou diretor executivo na Linx, a maior empresa brasileira de tecnologia para o mercado varejista.

“Na minha trajetória, eu vi que a vida do empreendedor é, muitas vezes, muito solitária. Ele muitas vezes tem que motivar o time, mas não tem ninguém ali motivando ele”, comenta o mentor. “Hoje eu acredito que conforme vou ajudando outros empresários, eu vou seguindo minha missão, fazendo com que eles cresçam e dando mais velocidade aos negócios, inclusive olhando para a região Nordeste como um grande celeiro do empreendedorismo no Brasil”, completa.

A analista técnica do Sebrae/PB, Rafaella Catão, por sua vez, destaca que as mentorias desempenham um papel crucial para as startups, pois elas oferecem uma orientação valiosa e experiência prática que podem ajudar a evitar armadilhas comuns e acelerar o crescimento.

“Os mentores trazem insights que vão além do conhecimento teórico, através de conselhos práticos com base em experiências reais. Além disso, as mentorias são uma oportunidade para os empreendedores expandirem suas redes, conectando-os a recursos e abrindo mercados que podem ser fundamentais para o desenvolvimento de suas empresas”, explica.

Já o empreendedor Miguel Isoni, CEO da NEORON, plataforma de inteligência de diálogo, já participou da mentoria com Marcus Varandas e, para ele, a experiência foi crucial para que a empresa tenha alcançado novos patamares. “Ser mentorado é a capacidade de abrir a mente para alguém que já fez algo que você deseja fazer. Foi de fato uma experiência que mudou nossas vidas. Pudemos desenvolver estratégias executáveis para tracionar a área comercial, aumentar a capacidade de poder ouvir, abrir a mente e olhar novos horizontes, transformando o nosso negócio em algo de alta performance”, destacou.