Mulher é presa suspeita de matar marido com golpes de faca, na Paraíba

Delegacia de Picuí, na Paraíba — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Delegacia de Picuí, na Paraíba — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Por g1 PB — Uma mulher de 38 anos foi presa suspeita de matar o marido com golpes de faca no sítio Boa Água, na zona rural do município de Barra de Santa Rosa, no Curimataú paraibano. A princípio, a mulher informou à polícia que o caso teria sido um latrocínio, porém, após as investigações, a polícia civil concluiu que ela seria a principal suspeita do crime. Ela alega que sofria maltratados pelo marido.

De acordo com o delegado Carlos Seabra, a mulher dizia que duas pessoas teriam arrombado o imóvel e cortado o pescoço da vítima com uma faca para levar um aparelho de som e um aparelho de DVD.

“Porém as declarações da vítima começaram a ficar contraditórias e a não ter concordância com o que estava sendo visto pela perícia no local do crime”, disse. Ela chegou a apontar dois suspeitos.

Após todas as evidências serem colocadas, a acusada confessou o crime e disse que a motivação seria por apanhar constantemente do marido.

A mulher segue presa na carceragem da Polícia Civil em Picuí e seguirá à disposição da justiça. Ela deve responder por homicídio qualificado.