Ao abrir sessão do Congresso, Pacheco presta solidariedade ao povo gaúcho

À mesa, presidente do Senado Federal, senador Rodrigo Pacheco (PSD-MG), conduz sessão.
Saulo Cruz/Agência Senado

Por Agência Senado — Na abertura da sessão conjunta do Congresso Nacional, nesta quinta-feira (9), o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, manifestou voto de solidariedade à população do Rio Grande do Sul afetada por inundações extremas nos últimos dias. Os parlamentares homenagearam as vítimas com um minuto de silêncio.

Mencionando o governador do estado, Eduardo Leite, e os integrantes das bancadas de senadores e deputados gaúchos, Pacheco lamentou a tragédia de grandes proporções que afetou a região e disse que não faltarão iniciativas, esforços e empenho do Parlamento brasileiro para mitigação da crise.

— Com auxílio efetivo de proposições legislativas inteligentes, eficazes, efetivas, bem como a fiscalização, por parte do Parlamento, quanto ao trabalho realizado pelo Poder Executivo federal. O povo do Rio Grande do Sul merece toda a solidariedade do Brasil. Faço esse registro de profundo pesar em face das vítimas fatais desse triste acontecimento, nos solidarizando com todos os familiares que perderam seus entes queridos, com todos os desabrigados que foram atingidos muito severamente. A política brasileira, o Parlamento brasileiro terão como absoluta prioridade dedicar suas energias aos irmãos e irmãs do estado do Rio Grande do Sul — assegurou.