Vítimas de violência doméstica podem ter prioridade no atendimento à saúde e segurança

Por Agência Senado — Nesta quarta-feira (8), a Comissão de Direitos Humanos (CDH) aprovou o relatório da senadora Janaína Farias (PT-CE) pela aprovação do projeto (PL 2737/2019). A proposta estabelece prioridade no atendimento social, psicológico e médico das mulheres vítimas de violência doméstica e familiar. Além disso, os senadores também aprovaram a proposta (PL 1357/2019), que cria o selo Acessibilidade Nota 10 para os estabelecimentos que promovam a acessibilidade de pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida.