Candidatura do Brasil ao Mundial Feminino supera trio rival europeu

Troféu da Copa do Mundo feminina disputada na Australia e na Nova Zelândia
 20/8/2023    REUTERS/Carl Recine
© Reuters/Carl Recine/Direitos Reservados

Por Agência Brasil — A candidatura do Brasil para sediar a Copa do Mundo de futebol feminino de 2027 obteve uma pontuação mais alta do que sua rival, uma candidatura conjunta de Bélgica, Holanda e Alemanha, em um relatório de avaliação da Fifa divulgado na terça-feira (7).

O relatório de candidatura da entidade máxima do futebol mundial foi divulgado antes da votação no 74º Congresso da Fifa em Bangcoc, em 17 de maio, que decidirá onde será realizada a próxima Copa do Mundo feminina.

The @FIFAWWC Bid Evaluation Report has been published, with two bids submitted to FIFA.

Everything you need to know about the bidding process for the FIFA Women’s World Cup, with the 2027 tournament host(s) to be appointed at the 74th FIFA Congress in Thailand on 17th May:

Na semana passada, México e Estados Unidos se retiraram da disputa de 2027 para concentrar seus esforços em sediar o torneio de 2031.

Com base nos resultados da avaliação técnica, a proposta do Brasil recebeu a maior pontuação média geral, 4,0, de um total de 5, seguida pela proposta de Bélgica, Holanda e Alemanha, com 3,7.

“A Força-Tarefa de Avaliação de Propostas determinou que ambas as propostas se qualificam para serem consideradas pelo Conselho da Fifa e pelo Congresso da Fifa, já que ambas excederam os requisitos mínimos para sediar a Copa do Mundo feminina da Fifa 2027 na avaliação técnica”, informou a Fifa em um comunicado à imprensa. “Ambas as propostas podem, portanto, ser consideradas pelo Conselho da Fifa para serem submetidas ao Congresso da Fifa antes da votação final para selecionar a(s) sede(s) da Copa do Mundo feminina da Fifa 2027”, acrescentou.

“A Força-Tarefa de Avaliação de Propostas determinou que ambas as propostas se qualificam para serem consideradas pelo Conselho da Fifa e pelo Congresso da Fifa, já que ambas excederam os requisitos mínimos para sediar a Copa do Mundo feminina da Fifa 2027 na avaliação técnica”, informou a Fifa em um comunicado à imprensa. “Ambas as propostas podem, portanto, ser consideradas pelo Conselho da Fifa para serem submetidas ao Congresso da Fifa antes da votação final para selecionar a(s) sede(s) da Copa do Mundo feminina da Fifa 2027”, acrescentou.

De acordo com o relatório, a candidatura do Brasil oferece bons estádios. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e o governo brasileiro também demonstraram seu apoio à candidatura e seu compromisso em sediar o evento.

Se for bem-sucedida, a candidatura marcará a primeira vez que a América do Sul sediará o torneio.

* É proibida a reprodução deste conteúdo.