Getafe é punido por racismo com interdição parcial de arquibancada

Estádio do Getafe 
 16/4/2023  REUTERS/Isabel Infantes
© Reuters/Isabel Infantes/Direitos Reservados

Por Agência Brasil — A Federação Espanhola de Futebol (RFEF) ordenou que o Getafe feche parcialmente sua arquibancada central por três partidas após insulto racista e xenófobo sofrido pelo técnico do Sevilla, Quique Sánchez Flores, e pelo jogador Marcos Acuña no jogo de sábado pela LaLiga.

O árbitro Iglesias Villanueva interrompeu a partida aos 23 minutos do segundo tempo, como parte do protocolo da LaLiga contra o racismo, depois de ouvir torcedores nas arquibancadas chamando o jogador argentino de “macaco” e o técnico espanhol de “cigano”.

O clube também foi multado em 27.000 euros (R$ 147 mil).

A RFEF disse em um comunicado que a área fechada nas arquibancadas tem que exibir uma mensagem visível condenando atos violentos, racistas, xenófobos e intolerantes no futebol e apoiando o fair play.

* É proibida a reprodução deste conteúdo.