Lewandowski diz que polícia prendeu homem suspeito de ajudar fugitivos de Mossoró

Por g1 RN — O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, afirmou que um homem foi preso nesta segunda-feira (26) suspeito de ajudar a esconder os dois Fugitivos da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.

O ministro não deu detalhes sobre a prisão. A TV Globo apurou que o preso é o dono de uma chácara na região de Mossoró que teria recebido R$ 5 mil para esconder os dois fugitivos na propriedade.

Lewandowski deu as declarações durante entrevista coletiva na Embaixada da Alemanha, em Brasília, onde esteve nesta segunda para a assinatura de um acordo na área de segurança.

De acordo com o ministro, as buscas pelos fugitivos segue e os investigadores acreditam que eles continuam na região. “Imaginamos que eles ainda estejam na cercania, nas proximidades”, afirmou Lewandowski.

Essa é a quinta prisão efetuada ao longo das investigações da fuga dos dois presidiários, Rogerio da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento.

Na semana passada a Polícia Federal já havia prendido três homens em Mossoró, também acusados de ajudar os dois fugitivos.

Já, no Acre, foi preso Johnney Weyd Nascimento da Silva, irmão de Deibson.