A solenidade aconteceu nesta sexta-feira (5), por iniciativa do mandato do deputado Francisco do PT. — Foto: João Gilberto

Inclusão, cidadania, qualidade de vida e transformação. Estes, entre outros impactos positivos provocados pela prática de esportes foram citados durante a sessão solene na Assembleia Legislativa que homenageou os 50 anos dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte (JERNS). A solenidade aconteceu na manhã desta sexta-feira (5), por iniciativa do mandato do deputado Francisco do PT.

Com a presença maciça de atletas, ex-atletas, técnicos, familiares e amigos dos homenageados, o plenário da Assembleia Legislativa e galerias estavam lotados e a emoção deu o tom do evento, que contou também com a presença de diretores das Diretorias Regionais de Educação e Cultura (Direcs), entre outros gestores do município e do governo estadual.

“Há toda uma importância do esporte no desenvolvimento integral do estudante-atleta como ser social, participante, autônomo e democrático, estimulando o pleno exercício da cidadania, das boas práticas de convivência e do fortalecimento da harmonia sociocultural”, ressaltou Francisco.

O deputado também externou a importância da prática esportiva para o autoconhecimento e os princípios de cuidado com o ambiente e a coletividade, através da participação de estudantes-atletas da rede de ensino, nas mais diversas formas de práticas esportivas. “Os JERNS acontecem a partir de uma ampla mobilização junto às 16 Direcs e à comunidade escolar em prol do fortalecimento da cultura cidadã e do espírito esportivo”, afirmou.

A atleta natalense Juliana da Silva, jogadora de vôlei de praia, que em 2009 foi considerada a melhor jogadora do mundo, fez um pronunciamento emocionado, relembrando passagens de sua trajetória, iniciada em escola pública. Ela citou a grande transformação de vida proporcionada pelo esporte, quando, após vencer os JERNS, em 1996, representando a escola pública estadual Jorge Fernandes, em Mirassol, na qual estudava, foi convidada a continuar seus estudos no colégio Marista, impensável na época para as condições financeiras dos seus pais, aonde estudou a partir da 8ª série do antigo ensino médio.

“O esporte é um dos maiores meios de transformação social. Nos ajuda a ter disciplina e comprometimento”, afirmou a campeã. Juliana ganhou os JERNS, aos 13 anos de idade, quando fez dupla com Sara, em 1996, primeiro ano em que a modalidade de vôlei de praia foi incluída na competição e quando o Brasil foi campeão mundial nas Olimpíadas. Ela foi a “atleta ouro” da competição. “Ali começava a construção do meu sonho, ali era a minha primeira olimpíada e sem querer eu estava colocando na minha cabeça um sonho que viria décadas depois”, disse.

Atualmente coordenador de Desporto da Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC), Evândalo Emanoel de Macedo fez um relato histórico da implantação dos JERNS, da qual participou ativamente, desde 1969, quando ocorreu a primeira edição dos Jogos Escolares Brasileiros (JEBS), em Brasília. Em Natal, os primeiros jogos foram realizados em setembro daquele ano. “As escolas tinham prazer e alegria em estar presentes, conseguimos mobilizar torcidas organizadas, era um festival enorme e nunca foi registrado nenhum incidente grave no evento, era uma preocupação constante para que tudo ocorresse bem”, relembrou.

O subsecretário de Esporte da Secretaria Estadual de Educação e Cultura (SEEC/RN), Francisco Canindé de França, agradeceu ao Legislativo a homenagem e afirmou: “Tem tudo a ver com a cidadania e dignidade da pessoa humana e promove o bem. Os desafios são muitos e o esporte vai cumprir o seu papel na hora em que o poder brasileiro tirá-lo da periferia orçamentária e dotar a nação e o estado de uma governança esportiva”.

A secretária municipal de Esporte do município de Natal, Jódia Melo, afirmou: “Os valores que o esporte proporciona são para levar para o resto da vida. Temos visto as crianças no eletrônico, incentivem o desporto escolar a suas crianças desde cedo, pois eles podem vivenciar o sonho deles. Não pudemos ter os JERNS por dois anos, mas felizmente em 2022 teremos um grande evento”, encerrou.

HOMENAGEADOS:

EDILSON ALVES
FLÁVIO TINOCO
HIPÓLITO BEZERRA
JUCIVALDO FÉLIX
JULIANA DA SILVA
MARCOS PATRIOTA
MAGNÓLIA FIGUEREDO
ODETE BATISTA DE SOUZA DE SOUZA
VICENTE DE LIMA
VIRNA DIAS
SEBASTIÃO CUNHA (IN MEMORIAN)
MARIA DAS NEVES SANTOS PINTO
JOSÉ MAXSUEL DE ALBUQUERQUE
EVANDÂLO EMANOEL DE MACEDO
FERDINANDO JOSÉ ARAUJO TEIXEIRA
FÁBIO LUIS FERNANDES LISBOA
FRANCISCO DE ASSIS DANTAS
JOSÉ JAMILSON MARTINS
CARLOS ALBERTO DE CASTRO BARRETO
ANA DALVA ARAÚJO MARINHO BARRETO
GILENO PEREIRA SOUTO JUNIOR
OSWALDO GOMES NETO
FAUSTO SEVERIANO DA CUNHA JUNIOR
ANDREY VALÉRIO SILVA
VALDOMIRO XAVIER DE MORAIS NETO
JEDNA VIEIRA GOMES
AFRANIO AURÉLIO
JUDSON JOSÉ DE LIMA
JOSÉ UILAME DE OLIVEIRA – PEBA
MARIA LÚCIA DE ARAÚJO FRANÇA
JOSÉ EDILSON DE OLIVEIRA
LUCAS BABOSA NETO
JOSÉ ESTÁCIO DE MENDONÇA
MARÍLIA MARTINS DE MORAIS
WILLI KESLE FERREIRA
SILVANA FONSECA SILVEIRA
FRANCISCO SILVERIO DE MEDEIROS
CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FISICA – CREF 16 – RN
ZENAIDE MEDEIROS DE OLIVEIRA E SILVA