O presidente da assinou convênio com as Polícias Militar e Civil para a doação de equipamentos. — Foto: João Gilberto

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), assinou nesta quarta-feira (22) convênio com as Polícias Militar e Civil para a doação de equipamentos destinados a segurança pública do Estado. Ao todo, serão quatro kits de informática que passarão ao poder da Corregedoria Geral de Segurança Pública do RN.

“Os policiais têm todo o nosso reconhecimento do valor que possuem para a sociedade. Nós sabemos das dificuldades que estes profissionais passam, ao longo dos tempos. Há um déficit histórico de pessoal, há dificuldades financeiras para a aquisição de equipamentos. Então, a Assembleia Legislativa tem sido parceira em tudo o que pode, tem sido solidária não apenas com a segurança, mas também em outros setores importantes”, disse Ezequiel Ferreira.

Os equipamentos estão em perfeitas condições e preparados para o uso das forças de segurança, a partir da análise da Diretoria de Gestão Tecnológica da Assembleia Legislativa do RN. “A Corregedoria tem um papel importante para a população e trabalha justamente com eficiência e produtividade. Vivemos um momento financeiro difícil e essa parceria é de grande relevância e chega em uma situação de grande necessidade”, disse Bruno Saldanha, corregedor-geral de Segurança Pública do RN.

Para o coronel Mendonça, subcomandante da Polícia Militar do RN, a parceria com a Assembleia é histórica. “Tenho 30 anos de PM e nunca vi essa parceria com o Legislativo da forma como teve na gestão atual do presidente Ezequiel Ferreira. Queremos agradecer pela iniciativa de nos ajudar, com equipamentos de grande valia dentro das nossas dificuldades”, disse.

Além dos já citados, a reunião contou ainda com Robert Felipe de Oliveira, chefe de Transporte e Comunicação da Corregedoria-Geral da Secretaria de Segurança Pública; o major Ricardo de Lima Laranjeira, oficial do gabinete do Subcomandante da PM; o diretor da Presidência da ALRN, Fernando Rezende, e o diretor de Gestão Tecnológica da ALRN, Mário Sérgio Gurgel.