A cerimônia foi realizada para sepultar Alberto de Oliveira Dantas. — Foto: Reprodução

Um velório terminou em tiros e tumulto durante a tarde de domingo, dia 22, em São Bento, cidade da Paraíba que está localizada na divisa com o Rio Grande do Norte. (ASSISTIR AO VÍDEO ABAIXO)

A cerimônia foi realizada para sepultar Alberto de Oliveira Dantas, também conhecido como “Cara de Chinelo”, um homem foragido e suspeito de integrar uma organização envolvida com o tráfico de drogas.

Após ser encontrado e atirar contra a polícia, Alberto iniciou uma troca de tiros com a PM e foi atingido. Ele ainda foi socorrido, mas não resistiu e morreu no sábado, dia 21.

No domingo 22, o cortejo e o velório recebeu a participação de dezenas de pessoas. Após a polícia receber a informação que havia pessoas armadas no local, as forças de segurança foram até o local e abordaram os homens armados, que atiraram.

A troca de tiros causou correria e um tumulto em massa das pessoas no local. No fim, o caixão, sozinho, estava na igreja. Após o confronto com a polícia, o pai e o irmão do suspeito morto foram presos.

Por Agora RN