Engenheiros avaliaram a possibilidade de supressão de espécies de algarobas — Foto: Assessoria

A Secretária de Meio Ambiente de Caicó (RN), Joseane Santos e a coordenadora da Defesa Civil, Orquídea Costa, acompanharam na terça-feira (25), o trabalho dos engenheiros florestais do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte – IDEMA, no leito do Rio Seridó, ao lado do Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana. Eles avaliaram a possibilidade de supressão de espécies de algarobas. O pleito foi feito com o objetivo de prevenir desastres em períodos de chuvas.

“Desde abril de 2021 que tínhamos encaminhado ofício ao IDEMA solicitando que fosse avaliada a possibilidade de retirada das árvores. Até então, a Secretaria estava aguardando o retorno. Agora, o próximo passo é a emissão de um parecer técnico”, disse Joseane.

Os engenheiros já adiantaram que irão orientar ao Município que seja feita a supressão apenas de algumas espécies que estão visivelmente apresentando riscos, evitando as que estão às margens do Rio, tanto no braço direito, quanto no esquerdo.

“O Município tem ciência que, embora a espécie seja invasora e esteja em superpopulação dentro do Rio, sabe-se que é predominante e, desta forma, a supressão deve ser acompanhada de recuperação da área com outros exemplares da Caatinga levando em consideração a sucessão ecológica das espécies que irão futuramente compor a mata ciliar do Rio. Quando acontecer a emissão do parecer técnico por parte do IDEMA, será feito o planejamento para a ação de limpeza”, informou a Secretária.