O Poder Legislativo faz a devolução graças ao trabalho planejado, eficiente e honesto da atual gestão. — Foto: Divulgação

O Poder Legislativo devolveu nesta quinta-feira, dia 30, em ato realizado na Câmara Municipal, o cheque com o montante financeiro de R$ 34.789,39 ao Município de Jardim do Seridó, referente à economia feita pelo Legislativo no ano de 2021.

Mostrando total responsabilidade, sensibilidade com o atual cenário e compromisso com o desenvolvimento da cidade, o Poder Legislativo faz a devolução graças ao trabalho planejado, eficiente e honesto realizado pela atual gestão.

“Neste momento difícil e inseguro que vivenciamos, o Poder Legislativo fez no decorrer do ano e faz neste último momento de 2021, sua valiosa contribuição junto ao município. Trabalhamos de forma séria e responsável, cortando gastos desnecessários, mas sem deixar de investir naquilo que precisamos para nosso trabalho diário e valorizando o servidor público, que faz o trabalho fluir com eficiência nesta Casa. De forma muito positiva, agradeço a todos os Vereadores pelo apoio que temos recebido na administração da Casa e a todos que compõem este poder pelo ano de 2021. Nosso trabalho é servir à população com excelência e respeito e assim foi neste ano e será também em 2022”, frisou.

O Prefeito Amazan destacou o brilhante trabalho do Legislativo em 2021 e agradeceu a devolução financeira: “Parabenizo o Presidente da Câmara, Ronaltty Neri pelo trabalho desenvolvido neste ano, bem como todos os Vereadores, e registro nossa felicidade em receber esse recurso que será utilizado para investimentos em prol do desenvolvimento de Jardim do Seridó”, concluiu.

No ato, estavam presentes além do Presidente Ronaltty Neri e do Prefeito Amazan Silva, os Vereadores Cássio Medeiros, Jeferson Maurício e Ozires Neto, contadora e tesoureira da Câmara Município, Genoglézia Mafra e Amanda Azevedo, respectivamente, e a Secretária Municipal de Finanças, Adriana Medeiros.

O Poder Legislativo faz a devolução graças ao trabalho planejado, eficiente e honesto da atual gestão. — Foto: Divulgação