O motivo da medida foi o evento realizado no sábado (16) que gerou aglomeração de pessoas. — Foto: Divulgação

Técnicos da Vigilância Sanitária de Caicó (RN) interditaram na noite desta segunda-feira (19), o Bar do Coreto, localizado na Praça da Liberdade, no Centro da cidade, pelo período de 5 dias e aplicaram multa de R$ 500,00 (quinhentos reais) ao seu proprietário. A ação teve o apoio da Polícia Militar.

O motivo da medida, foi o evento realizado na noite de sábado (16) com música ao vivo, que gerou aglomeração de pessoas. Imagens da festa foram notícia em toda a imprensa do Rio Grande do Norte. Foram descumpridas, as medidas vigentes para conter o avanço do novo coronavírus em Caicó.

O coordenador da Vigilância Sanitária Municipal, Jackson Santos, disse que a interdição do Bar do Coreto, foi por 5 dias por causa da gravidade dos atos ali praticados. “Consta no último Decreto, que no caso de primeira autuação, não será feita a interdição, mas, no caso específico, nós julgamos que foi gravíssimo.

O motivo da medida foi o evento realizado no sábado (16) que gerou aglomeração de pessoas. — Foto: Divulgação

Ainda na noite desta segunda-feira, a equipe da Vigilância com apoio da Polícia Militar, aplicou multas de 500 reais em outros dois estabelecimentos. Um deles é a conveniência Caicó Express, no cruzamento das Avenidas Seridó com a Otávio Lamartine, no Centro. A outra, no Casarão Casa Show, na zona oeste, onde, também no final de semana, foi registrado evento com aglomeração de pessoas, inclusive, a Polícia Militar, chegou a apreender no local, uma arma de fogo municiada.

O coordenador Jacson Santos, confirmou ainda que a Vigilância, desde janeiro, aplicou 31 multas em estabelecimentos que estavam em desacordo com o que determinavam os decretos municipais.