Renato orienta time em sua estreia pelo Fla contra o Defensa y Justucia, na Libertadores. — Foto: Florencio Varela/Getty Images

Por Mundo Rubro Negro — O Flamengo venceu o Defensa y Justícia na noite da última quarta-feira e saiu na frente no confronto eliminatório. Michael, ainda na primeira etapa, marcou um golaço que acabou decretando o triunfo rubro-negro. A partida vencida por 1 a 0 marcou a estreia do treinador Renato Gaúcho no comando do Rubro-Negro.

Apesar do desempenho tecnicamente abaixo, o Fla quebrou uma sequência de resultados ruins em jogos de ida em oitavas de final da Libertadores. Desde 2010, o Flamengo não começava a fase eliminatória da competição com uma vitória. Na ocasião, vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians no Maracanã.

Em sua estreia como treinador do Flamengo, Renato Gaúcho conduziu a equipe a uma suada vitória por 1 a 0 contra o Defensa y Justicia pelo jogo de ida das oitavas de finais da Copa Conmebol Libertadores. Mesmo que tenha tido menos posse que o adversário, Portaluppi saiu da Argentina sem levar gol, fato inédito em muito tempo quando um técnico fez sua primeira partida pelo clube da Gávea.

O último que em sua estreia não foi vazado se chama Dorival Júnior. Na época, o profissional substituiu Maurício Barbieri e empatou com o Bahia em 0 a 0 pela vigésima sétima rodada do Campeonato Brasileiro de 2018. Logo depois, o Fla teve Abel Braga, que em seu primeiro jogo empatou em 2 a 2 com o Ajax pela Flórida Cup e Jorge Jesus que saiu com o 1 a 1 contra o Athletico-PR na Arena da Baixada. Além disso, um ano depois, Domènec e Rogério Ceni debutaram com derrotas (Dome sofreu o 1 a 0 para o Atlético‐MG, enquanto Ceni foi derrotado por 2 a 1 frente ao São Paulo, ambos no Maracanã).