Mandados de busca e apreensão foram cumpridos no Brasil e em mais cinco países — Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte divulgou, nesta quarta-feira (09), os resultados da Operação “Luz na Infância 8”, voltada ao combate de crimes de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes na internet. A ação foi coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI).

A atuação aconteceu para cumprimento de mandados de busca e apreensão, no Brasil e em mais cinco países: Argentina, Estados Unidos, Paraguai, Panamá e Equador. No Rio Grande do Norte, as ações foram executadas pela Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente (DCA).

As diligências foram realizadas no bairro de Candelária, em Natal, em decorrência de um mandado de busca e apreensão em desfavor de um homem de 41 anos. No local, foram apreendidos: dois notebooks, um aparelho celular e um HD externo. Todo material foi encaminhado ao Instituto Técnico-Científico de Perícia (ITEP) para realização de perícia.

Balanço das Operações

Em suas sete edições anteriores, realizadas entre 2017 e 2020, a ‘Luz na Infância’ já cumpriu mais de 1.450 mandados de busca e apreensão e prendeu cerca de 700 suspeitos de praticarem crimes cibernéticos de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes em todo o Brasil e nos países participantes da ação.