Crime aconteceu em janeiro na avenida Jaguarari, em Natal. — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Por G1 RN — Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deflagraram, na manhã desta quarta-feira (31), a Operação Sinal Fechado, para cumprir cinco mandados de busca e apreensão, além de dois mandados de prisão temporária contra suspeitos de matar um comerciante durante um assalto em Natal.

Durante a ação, foram presos dois homens. Segundo a polícia, eles confessaram o crime ocorrido no dia 11 de janeiro, contra o comerciante Ricardo Marques de Araújo, de 57 anos. Um dos homens é apontado do como o autor dos disparos de arma de fogo e o outro seria o motorista do veículo usado na ocorrência.

O crime aconteceu no cruzamento das avenidas Jaguarari e Nascimento de Castro, quando o comerciante, que retornava da Ceasa, parou uma kombi no sinal e foi abordado pelos suspeitos, que tinham o objetivo de roubar o dinheiro que a vítima transportava.

O comerciante teria tentado reagir acelerando o veículo, foi baleado pelos criminosos e morreu antes da chegada do socorro. Mesmo com a vítima ferida, os criminosas foram até o veículo e tomaram o dinheiro. Um funcionário de Ricardo, que o acompanhava, sobreviveu.