Essa foi à primeira transferência de pacientes por transporte aéreo para hospitais de Mossoró. — Foto: Divulgação/Sesap

Dois pacientes com Covid-19 foram transportados em um avião do Governo do RN nesta segunda-feira (22) para Mossoró, na Região Oeste do RN, por conta da alta ocupação de leitos críticos da doença na Grande Natal. Um outro já havia sido levado por uma ambulância na madrugada de domingo (21).

Os dois novos pacientes de Mossoró foram internados no Hospital Rafael Fernandes e no Hospital São Luiz. O Rafael Fernandes tem atualmente 30 dos 40 leitos críticos para Covid-19 ocupados e o Rafael Fernandes sete dos 10.

Segundo a secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), essa foi à primeira transferência de pacientes por transporte aéreo para hospitais de Mossoró.

Um dos pacientes estava internado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nova Esperança, em Parnamirim, utilizando oxigenação. O outro estava no Hospital Regional de João Câmara.

A direção do Hospital Regional Tarcísio Maia, outro que atende pacientes com Covid-19 em Mossoró, explicou que neste momento não há como praticamente receber novos pacientes, já que tem oito dos nove leitos críticos para Covid-19 ocupados.

“A gente não tem como abrir mais leitos, porque a nossa capacidade instalada já está definida, não tem como aumentar esse quantitativo”, explicou a diretora Herbênia Ferreira. O hospital atende pacientes com traumas e com Covid-19.

No fim da tarde desta segunda-feira (22), a Região Oeste estava com 80% de ocupação dos leitos críticos para Covid-19 – a maioria é de Mossoró. A Grande Natal tem 90%.

Por G1 RN