Os encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça — Foto: Reprodução

Por Grande Ponto — Policiais civis da Delegacia de Homicídios de Mossoró (DHM), em conjunto com a Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Mossoró, prenderam, nesta sexta-feira (22), dois suspeitos do crime de latrocínio que vitimou o motorista de aplicativo e ex-candidato a vereador, Carlos Reginaldo Nogueira Holanda Júnior, conhecido como “Espanta”, na quinta-feira (21).

Durante a operação, os policiais prenderam no bairro Abolição, na cidade Mossoró, Vandercleiton Leandro de Lira, 24 anos, e Marcos Vinícios Silva dos Santos, 22 anos. No momento da abordagem, os policiais encontraram com Vandercleiton Leandro o celular da vítima. Na residência de Marcos Vinícios, foram apreendidos uma arma de fogo, que possivelmente tenha sido usada no crime, e porções de drogas. Já o veículo da vítima foi localizado pelos policiais próximo à casa de um dos suspeitos.

De acordo com investigações, um terceiro suspeito, identificado por Antônio Lucas, também teria participado do crime e estaria foragido. Na residência dele, os policiais encontraram a chave do carro da vítima. Ainda durante as diligências, um homem foi detido, em virtude de ter sido encontrada com ele uma pequena porção de droga, tendo sido liberado após lavratura de um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), pelo crime de posse de drogas para consumo pessoal.

Vandercleiton Leandro e Marcos Vinícios foram conduzidos à delegacia, onde foram autuados em flagrante por latrocínio. Em seu interrogatório, Vandercleiton Leandro confessou a participação no crime. Marcos Vinícios também foi autuado em flagrante por tráfico de drogas. Ambos foram encaminhados ao sistema prisional, onde ficarão à disposição da Justiça.