Denúncia realizada aponta que vítima foi morta por motivação fútil — Foto: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Por Metrópoles — O Ministério Público de Goiás (MP-GO) ofereceu denúncia contra o casal formado por Nayara Lopes Palmeira dos Santos, de 19 anos, e o policial militar (PM), Daniel de Oliveira Faria pela morte da garota de programa Kathleen Lorrane Carvalho de Morais, de 21 anos.

O assassinato ocorreu no último dia 8 de novembro, no Sítio Santa Luzia, em Aparecida de Goiânia.

De acordo com o documento assinado pelo promotor Milton Marcolino dos Santos Júnior, o crime foi agravado por qualificadoras como motivo fútil e a utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.