Louro estava hospitalizado desde o dia 3 de outubro em uma unidade hospitalar do Hapvida, no Recife. — Foto: Reprodução/YouTube

Por Portal Folha de Pernambuco — O cantor de forró e compositor pernambucano Louro Santos, de 49 anos, faleceu nesse domingo (22) após complicações causadas pela Covid-19. De acordo com fontes próximas ao artista, Louro estava hospitalizado desde o dia 3 de outubro em uma unidade hospitalar do Hapvida, no Recife.

Segundo a família do cantor, ele apresentou uma piora do quadro clínico há dois dias, quando contraiu uma infecção pulmonar. Na noite do domingo, o artista sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu. Louro não possuía comorbidades.

Natural de Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco, Louro Santos é autor de músicas como “Te encontrei”, “Virou minha cabeça” “Na Hora H” e “Retrato”. Louro integrou bandas como Forró da Malagueta e Aveloz, seguiu carreira solo e é pai do cantor Victor Santos.

Algumas das composições de Louro fizeram sucesso nas vozes de outros grupos, como a banda Calcinha Preta.

Por ter sido vítima da Covid-19, o corpo do artista não será velado e será sepultado às 13h desta segunda-feira (23), no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife. Devido às restrições sanitárias impostas pelo novo coronavírus, a cerimônia será restrita a parentes próximos.

A confirmação da morte foi dada via redes sociais pelo comunicador e amigo pessoal de Louro, Léo Lima. Nas redes sociais, os fãs e outros artistas prestaram homenagens a Louro Santos.