Deputada disse que pretende apresentar novos fatos sobre a morte de seu marido toda semana — Foto: Reprodução

Por Pleno.news — Nesta sexta-feira (23), a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) cumpriu parte de sua promessa de “quebrar o silêncio” e revelar fatos desconhecidos sobre a morte de seu marido, pastor Anderson do Carmo, que não saíram na mídia. Em sua conta do YouTube, ela publicou um vídeo de 6 minutos onde fez comentários sobre o processo e, apesar de não ter contado muito sobre o caso, prometeu as revelações em vídeos futuros.

Logo no começo do vídeo, a deputada explicou a seus seguidores porque não havia feito comentários sobre o processo anteriormente.

– Porque o meu processo estava em segredo de Justiça. Estava em sigilo. E por respeito, eu tive que esperar o sigilo acabar. Tem apenas 30 dias que saiu do sigilo. Por isso eu pude voltar para conversar com você a respeito desse processo – apontou.

A deputada então pediu aos espectadores que compartilhassem seu canal no YouTube, já que ela pretende trazer novos fatos toda semana.

– Só aqui que eu vou dar respostas que eu vou dar respostas sobre tudo o que está acontecendo no processo. Você tem dúvidas? É aqui no canal que vou tirar suas dúvidas (…) Vem me assistir, porque a cada semana tem novidade chegando para você. Se eu fosse você, anunciava para todo mundo não perder. Até aquele ‘do contra’, que apontou o dedo de juiz, já deu a sentença. Porque eu ainda não fui julgada – ressaltou.

De acordo com Flordelis, o motivo para ela retomar suas publicações no YouTube foi a “pela justiça verdadeira, não pela justiça plantada”.

– A minha fé, com o apoio de vocês, que me trouxe de volta ao meu canal. Que me trouxe de volta para estar aqui e falar para você, que apesar de estar doendo, apesar de estar difícil estar de volta, eu vou continuar. Vou lutar pela justiça verdadeira, não pela justiça plantada – destacou.

Por fim, ela voltou a prometer novos fatos nos próximos.

– O que você viu na mídia foram muitas falácias, foram só palavras soltas ao vento. Eu vou mostrar, não vou só falar. Vou mostrar para você – destacou.

Por fim, a parlamentar pediu a seus seguidores que esperem mais revelações nos próximos dias.

Flordelis virou ré após a Justiça aceitar a denúncia do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) que apontou que a deputada foi a mandante do assassinato de Anderson. Ele foi morto após levar mais de 30 tiros na porta de casa.

Além disso, o caso da deputada também será analisado pelo Conselho de Ética da Câmara, o que pode resultar na perda do mandato.