Acidente aconteceu na noite de quarta (23), mas BR-406 segue interditada na manhã desta quinta (24) na Grande Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Por Inter TV Cabugi — Um caminhão-tanque carregado com 25 mil litros de combustíveis tombou e interditou o quilômetro 162 da BR-406, na região metropolitana de Natal. O acidente aconteceu na noite desta quarta-feira (23) e o caminhão ficou no acostamento, mas o tráfego de veículos foi interditado por causa do risco de explosão. O trecho segue fechado na manhã desta quinta-feira (24), 12 horas após o acidente. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, ainda não há prazo para liberação da via.

O acidente aconteceu na altura do distrito de Massaranduba, entre Ceará-Mirim e São Gonçalo do Amarante. O motorista contou à PRF que um carro de passeio ultrapassou o caminhão e freou bruscamente. Para evitar a batida, o homem disse que manobrou para o acostamento, mas perdeu o controle.

O combustível, que era transportado de Guamaré para Natal, escorreu pelo asfalto e o Corpo de Bombeiros foi acionado para evitar um incêndio. Um guincho também foi acionado, ainda durante a noite, para começar uma operação e desemborcar o caminhão que capotou.

De acordo com a PRF, a operação é delicada, por causa da possibilidade de explosão, já que o combustível é altamente inflamável. Após ser desvirada, a carreta ainda terá que passar por uma limpeza para retirada de gases do tanque.

A BR-406 ficou completamente interditada nos dois sentidos desde o horário do acidente, por volta das 20h. Nem ambulâncias podiam passar, por causa do risco. O funcionário público José Santos, a esposa e seus dois filhos, ficaram presos no bloqueio mesmo estando a dois minutos de casa, em Massaranduba. Às 22h, ele já relatava uma espera de duas horas.

Uma fila de caminhões também se formou no sentido oposto, de Ceará-Mirim a Natal. Algumas pessoas desistiram e resolveram voltar a pé em um desvio por estrada de terra.

A PRF orientou como rota alternativa, que os motorista que seguirem até Ceará-Mirim usem como desvio a BR-101 Norte via distrito de Estivas. O percurso é mais longo, mas um dos únicos possíveis com pavimentação.