Governadora convocará todos os parlamentares para uma reunião presencial em Natal, na próxima semana — Foto: Eduardo Maia

O deputado estadual Ubaldo Fernandes (PL) emitiu moção de repúdio ao presidente da República, Jair Bolsonaro, à bancada federal do Rio Grande do Norte, e à Petrobras, na pessoa do presidente Roberto Castello Branco, em decorrência do anúncio feito pela empresa sobre a abertura para venda das 26 (vinte e seis) concessões de produção no Estado.

“As atividades aqui desempenhadas pela estatal são de suma importância para economia estadual, gerando R$ 425 milhões de royalties em 2019 para o Estado e Municípios. Além disso, somente em salários, a Petrobras é responsável pelo montante de R$ 531 milhões por ano, o que representa um terço do volume salarial da indústria potiguar. Além da irreparável perda financeira, a ausência de diálogo prévio com os representantes do Rio Grande do Norte se apresenta como conduta inaceitável, que desrespeita todo o povo potiguar”, ressaltou o parlamentar.

Nesta quinta-feira (27), a governadora Fátima Bezerra deverá se reunir por videoconferência, com o presidente da Petrobras e solicitou a presença de um representante da bancada federal. Ela adiantou que convocará todos os parlamentares para uma reunião presencial em Natal, na próxima semana, para assistirem a uma explanação sobre os reflexos econômicos da saída da Petrobras sobre a arrecadação de impostos, geração de emprego e renda no Rio Grande do Norte.