Rodrigo Caio e Ferrareis disputam bola durante Atlético-GO x Flamengo — Foto: Heber Gomes/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro — Atual campeão do Brasileiro, o Flamengo faz um início de competição que nem o mais pessimista torcedor poderia imaginar. Em dois jogos, derrotas para Atlético-MG e Atlético-GO. Para piorar, a equipe não marcou um golzinho sequer.

A última vez que o Fla havia iniciado a competição nacional com dois tropeços consecutivos havia sido em 1997. Em um time que era treinado por Sebastião Rocha, o Rubro-negro foi batido por Santos e Bahia.

No fim do ano, o time conseguiu se recuperar e foi até a fase final do torneio, mas viu o rival Vasco levantar a taça após duas decisões contra o Palmeiras.

Após o “nocaute” em Goiânia, o lateral-esquerdo Filipe Luís reconheceu a atuação ruim e pediu cabeça fria ao time e ressaltou os erros defensivos do Fla no confronto.

“Não é motivo de pânico. É momento de ter calma, tranquilidade e não fazer loucura. Temos um grande elenco e um grande treinador. Confiamos nele e confiamos em todos os jogadores que estão aqui. Temos de corrigir os erros defensivos, sermos sólidos novamente lá atrás e, com a força do nosso ataque, vamos poder voltar às vitórias”, disse ele ao “Premiere”.

Na lanterna do torneio, o Flamengo vai tentar se recuperar diante do Coritiba, sábado, 19h30, no Couto Pereira.