O aproveitamento do português é de 80,39%, com 118 gols marcados e somente 45 sofridos — Foto: Nayra Halm/Fotoarena/Imago

Por Luiz Signor, Onefootball — Houve suspense, certo drama, mas a novela (ou filme) sobre a renovação de Jorge Jesus com o Flamengo teve um final feliz nesta terça (2). Segundo o jornal “O Dia”, o treinador português de 65 anos renovou seu contrato com o Rubro-Negro até junho de 2021.

O clima de suspense entre os torcedores aumentou quando Marcos Braz, vice de futebol do clube, postou em seu perfil no Twitter uma imagem com a bandeira de Portugal, país natal do Mister, e a legenda “Bandeira linda…”

De acordo com o veículo, um dos representantes de Jorge Jesus estava em reunião com membros da diretoria do Flamengo definindo os últimos detalhes para a renovação.

A tendência é que o treinador fature cerca de 4 milhões de euros (R$ 23 milhões) com novo acordo, além das premiações por títulos. E os pagamentos serão de acordo com a cotação do dia da moeda.

O atual vínculo de Jesus se encerraria no dia 19 deste mês. A pandemia de coronavírus impediu que a negociação fosse mais rápida, o que causou certo temor na torcida.

Um ano de Flamengo

Oficializado pelo clube no dia 1º de junho do ano passado, o Mister demorou pouco tempo para ganhar a exigente torcida rubro-negra e elevar o nível do Flamengo.

Após a queda para o Athletico-PR na Copa do Brasil – no terceiro jogo de Jesus pelo clube -, o time engatou grandes atuações, conquistando a tão sonhada Libertadores após 38 anos e o Brasileirão em um intervalo de apenas 23 horas.

Mais títulos do que derrotas

São 51 partidas, com 38 vitórias, nove empates e apenas quatro derrotas, número inferior ao de títulos. Além dos já citados, o Flamengo levou a Supercopa do Brasil, a Taça Guanabara e a Recopa da Libertadores antes da pausa do futebol neste ano.

O aproveitamento do português no Flamengo é de 80,39%, com 118 gols marcados e somente 45 sofridos.