"O uso indevido de hidroxicloroquina pode causar sérios efeitos colaterais, agravamento de enfermidades e até mesmo a morte", disse

Por Grande Ponto — A governadora Fátima Bezerra (PT) voltou a abordar a polêmica questão envolvendo o uso da hidroxicloroquina pelos pacientes com Covid-19. A petista publicou em suas redes sociais uma nota onde afirma que, sem orientação médica, o remédio pode causar até mesmo a morte e enfatizou que o medicamento não possui comprovação científica contra o coronavírus. Confira abaixo o que disse Fátima, na íntegra.

“Diversas fórmulas estão sendo testadas mundialmente na busca tanto por um remédio quanto por uma vacina para a Covid-19, no entanto, ainda não há nenhuma comprovação científica de que a hidroxicloroquina ou quaisquer outras drogas possam realmente curar ou prevenir o coronavírus.

O uso indevido de hidroxicloroquina pode causar sérios efeitos colaterais, agravamento de enfermidades e até mesmo a morte.

Os dados são da Organização Mundial de Saúde, que segue coordenando esforços para avaliação e desenvolvimento de fármacos para o tratamento da doença.

A cloroquina enviada pelo Governo Federal já está nos hospitais do RN e os médicos utilizam de acordo com as orientações do Ministério da Saúde. Todo e qualquer medicamento deve ser utilizado sob orientação médica. Não se automedique.”