Desembargador admite que o pleito deva acontecer no mês de novembro ou até em dezembro — Foto: Alex Regis/TN

Em declarações a Tribuna do Norte (ver imagem abaixo), o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), desembargador Glauber Rego confirmou que o Calendário Eleitoral para as Eleições 2020, deve sofrer alterações. “Com a expectativa de que até agosto, tenhamos controlada a pandemia de coronavírus e seja possível que se não ocorrer no dia 4 de outubro, que seja realizada no dia 15 de novembro ou mesmo em 6 de dezembro”, disse.

Glauber Rego afirma que a ideia é que se houver os adiamentos das datas das eleições municipais deste ano, também para o caso de segundo turno em Natal é que seja em um tempo curto. “É que sejam num tempo curto e que permitam acontecer ainda este ano e que não haja prorrogação dos mandatos de prefeitos e vereadores”, afirmou o presidente do TRE-RN.

Em relação as Convenções Partidárias, hoje de 20 de julho a 10 de agosto, Glauber admitiu que a tendência é que sejam virtuais. “Também as convenções partidárias que estão se aproximando aí as datas, já há uma sinalização de que possam ser realizadas de forma virtual”, frisou.

Foto: Reprodução.