Secretário que seriam necessários R$ 300 milhões para suprir as demandas de leitos e estrutura para suportar as consequências da COVID-19 no RN — Foto: Assessoria

A Comissão de Enfrentamento ao Coronavírus da Assembleia Legislativa se reuniu, através de videoconferência, nesta segunda-feira (6), com o secretário estadual de Saúde Pública, Cipriano Maia, para ouvir as ações do Governo do Estado no enfrentamento e combate à Covid-19. Na ocasião, foram feitos questionamentos ao secretário sobre o Hospital de Campanha na Arena das Dunas e seus custos. O secretário disse que tudo está sendo feito com base em estudos técnicos e com acompanhamentos dos órgãos de controle.

Cipriano Maia falou ainda que seriam necessários R$ 300 milhões para suprir as demandas de leitos e estrutura para suportar as consequências da COVID-19 no RN. “O Rio Grande do Norte não tem esses recursos, por isso contamos com o apoio integrado dos poderes e do governo federal para passarmos por essa pandemia. Na situação atual, há uma previsão de colapso na Saúde a partir do próximo mês”, disse o secretário.

Participaram da reunião os deputados que compõem a Comissão, Francisco do PT, Sandro Pimentel (PSOL), Kelps Lima (SDD), Getúlio Rêgo (DEM) e Tomba Farias (PSDB) que ficaram preocupados com os dados apresentados pelo titular da pasta da Saúde no Rio Grande do Norte.

De acordo com Kelps Lima, presidente da comissão, há o risco de faltarem recursos. “Há um risco muito real de faltarem recursos e infraestrutura caso a disseminação do Coronavírus não seja contida com o isolamento social. Por isso, entre outras ações, precisamos nos empenhar ainda mais na orientação às pessoas para que fiquem em casa e evitem espalhar a doença para mais e mais cidadãos”, disse Kelps Lima.

Os deputados questionaram ainda se o Hospital de Campanha não poderia ser feito no Centro de Convenções, e de acordo com Cipriano Maia, o local é de difícil acesso e segundo os estudos técnicos da Secretaria de Infraestrutura, seria mais oneroso financeiramente. Sobre o Hospital da Polícia, o secretário destacou que será priorizada a reabertura com instalação de UTIs e outros leitos, com previsão para a próxima semana.

Em relação aos Equipamentos Proteção Individual (EPIs) para os profissionais da Saúde, Cipriano reforçou a importância dos mesmos e disse que o Governo está unido esforços para manter o abastecimento desses produtos. “Todo esforço está sendo feito, mas enfrentamos dificuldades, pois alguns profissionais acabam exigindo um tipo de máscara que deve ser utilizada apenas para o tratamento a pacientes contaminados pela Covid-19”.

A quantidade de testes apara o Coronavírus também entrou na pauta da reunião e segundo o secretário, há uma previsão de chegada de mais testes para o RN.

O deputado Sandro Pimentel falou da dificuldade em receber respostas do Governo do Estado sobre os questionamentos que foram apresentados na última semana e o secretário se comprometeu em acelerar as respostas. O parlamentar sugeriu ainda a importância da Comissão ouvir os secretários de Planejamento, Ação Social, Agricultura Familiar e os reitores da UFRN e UERN.

Uma nova reunião virtual ficou marcada para a próxima quarta-feira (8), às 14h, e foram convidados para participar o presidente do Sindicato dos Médicos e da Unimed.