Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus — Foto: AFP

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou, na tarde desta quinta-feira (30), emergência global de saúde por conta do novo coronavírus – atualmente chamado de 2019nCoV.

O diretor-geral da organização, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que o principal motivo para a declaração não é a quantidade de casos que está surgindo dentro da China, mas sim em outros países pelo mundo.

“Nossa principal preocupação é sobre o potencial do vírus se espalhar para países com o sistema de saúde mais precários, e que não vão estar tão preparados para lidar com ele”, afirmou.

Tedros ressaltou que a declaração não é um “voto de não confiança” em relação à China, e que acredita que o país será capaz de conter o vírus. “Nós devemos apoiar os países com o sistema de saúde mais fraco”, concluiu.