Durante a operação, foi constatado que os responsáveis pelas aves, não tinham autorização dos órgãos ambientais para mantê-los em cativeiro — Foto: Reprodução

Em uma operação de combate a crimes ambientais, a Polícia Rodoviária Federal apreendeu, no final da tarde desta terça-feira (17), em Ceará-Mirim, 45 pássaros silvestres. Seis pessoas foram detidas.

Após denúncia anônima, equipes da PRF se deslocaram até a comunidade de Maçaranduba, entre os Kms 159 e 161, Zona Rural do município de Ceará-Mirim, onde encontraram, em algumas residências, vários pássaros silvestres de espécies diferentes, presos em gaiolas.

Durante a operação, foi constatado que os responsáveis pelas aves, não tinham autorização dos órgãos ambientais para mantê-los em cativeiro.

Foram apreendidos três canários da terra, dois gaturamos, três golinhas, dez galos de campina, dois periquitos da caatinga, três guriatãs, seis sanhaços, dois sibites, três papa-capim, oito azulões, um bigode, um sabiá e um xexéu.

Diante do flagrante, todos foram detidos e submetidos a Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO, e deverão comparecer em juízo. As aves foram encaminhadas ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Renováveis – IBAMA, em Natal.