Responsável pelo VAR na final da Libertadores, Diego Haro elogiou River Plate e irritou torcedores do Flamengo — Foto: Divulgação

Por Venê Casagrande — Após elogiar o River Plate em entrevista ao diário argentino “Olé”, o árbitro peruano Diego Haro, que até então estava escalado para ficar no VAR na decisão da Libertadores entre Flamengo e River Plate, foi retirado pela Conmebol e não fará mais parte do quadro. A informação foi confirmada pela reportagem do O Dia.

“O River gerou uma revolução futebolística na América do Sul nos últimos cinco anos. Tem um jogo dinâmico e conseguiu títulos em pouco tempo. O Flamengo, por sua vez, acabou de encontrar uma filosofia”, disse Diego Haro ao periódico da Argentina, o que desagradou a Conmebol.

A entidade anunciou que o uruguaio Esteban Ostojich será o substituo do peruano na grande decisão da Libertadores, que acontece no próximo sábado, às 17h, no Estádio Monumental “U”, em Lima, no Peru.