Com o resultado, o Santos perdeu a oportunidade de assumir a vice-liderança provisória da competição — Foto : Luis Moura / WPP

GAZETA ESPORTIVA Deu empate no clássico San-São deste sábado. Recebendo o São Paulo na Vila Belmiro com direito à presença do presidente Jair Bolsonaro, o Santos até dominou o primeiro tempo e abriu o placar, mas acabou sofrendo o empate na etapa complementar, quando o time de Fernando Diniz melhorou consideravelmente, e teve de se conformar com a igualdade em 1 a 1 no marcador, em partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol do Peixe foi marcado por Carlos Sánchez, de pênalti. Daniel Alves balançou as redes para o Tricolor.

Com o resultado, o Santos perdeu a oportunidade de assumir a vice-liderança provisória da competição, já que, se ganhasse, empataria com o Palmeiras em número de pontos, mas teria uma vitória a mais – o Verdão entra em campo neste domingo, contra o Bahia, na Fonte Nova. Já o São Paulo desperdiçou a chance de encostar no Grêmio na briga por uma vaga no G4.

Agora, o Santos tentará recuperar seu prejuízo no próximo sábado, quando volta a jogar em casa, desta vez contra o Cruzeiro, às 21h (de Brasília). O São Paulo, por sua vez, encara o Ceará, em Fortaleza, domingo, às 19h.