Parlamentar alertou para os casos de Influenza H1N1 e Tuberculose no Rio Grande do Norte — Foto: João Gilberto

Em pronunciamento durante a sessão plenária desta quinta-feira (23), na Assembleia Legislativa, o deputado Vivaldo Costa (PSD) alertou para os casos de Influenza H1N1 e Tuberculose no Rio Grande do Norte, e fez um apelo ao secretário de Saúde do Estado cobrando a capacitação dos médicos generalistas que atendem nos postos de saúde do RN.

“Todo profissional do programa Saúde da Família deve ser preparado para prestar atendimentos elementares em pediatria, psiquiatria, infectologia, dentre outras especialidades. Considero este o melhor programa de assistência básica que existe, mas é preciso ser mais valorizado”, disse Vivaldo.

De acordo com o parlamentar, cerca de trinta postos de saúde do Estado estão sem médicos. “Só lá em Caicó, são cinco unidades de atendimento básico sem profissionais. Chamo a tenção para que a Secretaria de Saúde Pública verifique o funcionamento do programa e ofereça condições para que os médicos possam trabalhar e prestar os atendimentos básicos de saúde à população”, concluiu.