Mário Batista da Cruz Júnior foi aprovado em 2º lugar para cursar Administração na UFRN em 2017 — Foto: Polícia Civil/Reprodução

O morador de rua Mário Batista da Cruz de 36 anos, aprovado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), foi preso nesta terça-feira (14) por policiais civis da Delegacia Especializada em Defesa do Patrimônio Público (DEDEPP). Ele foi alvo de um mandado de prisão pela prática de latrocínio.

Mário Batista foi capturado na orla de Ponta Negra, na Zona Sul de Natal. Ele foi aprovado em 2º lugar para cursar Administração na UFRN em 2017 e morava na Casa do Estudante, no bairro da Ribeira.

De acordo com polícia, o morador de rua também é investigado por suspeita de furto de patrimônio.

O envolvimento com as drogas afastaram Mário Batista da Cruz Júnior do sonho de se tornar um administrador. Ele abandonou o curso na universidade federal e foi expulso por roubar e depredar a Casa do Estudante, local onde costumava passar as noite.