Bottas, Hamilton e Verstappen foram os três primeiros na Austrália — Foto: EFE

Depois de um 2018 decepcionante, sem ganhar nenhuma prova, Valtteri Bottas lavou a alma neste domingo e conquistou a maior vitória de sua carreira na Fórmula 1. No GP da Austrália, o finlandês passou pelo companheiro Lewis Hamilton logo na largada, abriu vantagem desde as primeiras voltas e só não liderou duas das 58 voltas, depois de fazer o único pit stop.

No fim, Bottas terminou 20 segundos à frente de Hamilton e ainda levou o ponto extra pela melhor volta da corrida, superando a marca estabelecida por Max Verstappen na penúltima volta. O holandês conseguiu um bom terceiro lugar na primeira corrida da parceria entre RBR e Honda.

A grande decepção da prova foi a Ferrari. Sebastian Vettel andou em terceiro no começo, mas fez a troca de pneus cedo demais, foi ultrapassado por Verstappen e só não foi superado pelo companheiro Charles Leclerc porque, a mando da Ferrari, o monegasco não tentou uma ultrapassagem quando tinha pneus bem mais novos e era muito mais rápido.

Também pontuaram, da sexta à décima colocações, Kevin Magnussen (Haas), Nico Hulkenberg (Renault), Kimi Raikkonen (Alfa Romeo), Lance Stroll (Racing Point) e Daniil Kvyat (STR). Na volta à F1 oito anos após um grave acidente num rali, Robert Kubica sofreu e foi o 17º e último colocado, três voltas atrás do vencedor.

A corrida teve apenas três abandonos entre os 20 pilotos que largaram: Carlos Sainz (McLaren), Daniel Ricciardo (Renault) e Romain Grosjean (Haas). A próxima corrida será disputada daqui a duas semanas, no Barein.

Resultado final do GP da Austrália de F1 — Foto: Reprodução/rede social

Resultado final do GP da Austrália de F1 — Foto: Reprodução/rede social

O pódio

Valtteri Bottas, vencedor: “Não faço ideia do que acabou de acontecer. Não sei nem o que dizer. Foi sem dúvida a melhor corrida da minha carreira. Sinto-me muito bem e o carro estava incrível”

Lewis Hamilton, segundo colocado: “Foi um bom fim de semana para o time – Valtteri guiou de maneira incrível hoje e mereceu a vitória”

Max Verstappen: terceiro colocado: “Eu tive de ultrapassar o Seb (Vettel) para chegar ao pódio, o que não é fácil por aqui. Começar a temporada com pódio e desafiando a Mercedes é muito bom para nós”

Por GloboEsporte.com — Melbourne, Austrália