A tragédia no CT do Ninho ligou o alerta sobre a documentação em centro de treinamentos de outros clubes — Foto: Thiago Ribeiro/Agif/Estadão Conteúdo

A Prefeitura do Rio de Janeiro informou que não apenas o Flamengo, mas também os clubes de futebol cariocas Vasco e Fluminense não possuem alvarás que autorizem a instalação de alojamentos em seus centros de treinamento. A Secretaria Municipal de Fazenda decidiu, então, fiscalizar e tomar as “devidas providências legais”.

Segundo o governo do Rio, o Vasco nunca entrou com pedido de licença para construir qualquer edificação no seu centro de treinamento. O clube apenas pediu autorização para um loteamento, em 2014. Já o Fluminense possui licença de obras, válida até 23 de outubro de 2019. Mas “não há registro de pedido de alvará para a unidade”.

Presidente do Flamengo, Luiz Rodolfo Landim, consola parentes de vítimas após o incêndio que deixou dez mortos — Foto: Fábio Motta / Estadão Conteúdo

Em comunicado, a prefeitura confirmou ainda que vai determinar a abertura de um processo de investigação para apurar as responsabilidades pelo incêndio no alojamento do centro de treinamento do Flamengo, na madrugada desta sexta-feira (8). O clube também não tinha alvará para instalar quartos no local, apenas para o funcionamento de um estacionamento.

Procurados, Vasco e Fluminense ainda não se pronunciaram.