Causa da morte é "ferimento por arma branca", segundo o IML de Curitiba (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

O meia Daniel Corrêa Freitas, que tinha contrato com o São Paulo até dezembro e estava emprestado ao São Bento, foi encontrado morto num matagal em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, na tarde deste sábado.

Segundo o Instituto Médico Legal de Curitiba, o corpo de Daniel deu entrada na tarde deste sábado e a causa da morte foi “ferimento por arma branca”. Ainda não há informações sobre investigação do crime e nem sobre o velório do jogador.

Daniel Corrêa Freitas nasceu em Juiz de Fora (MG) e tinha 24 anos. Revelado pelo Cruzeiro, o meia passou ainda por Botafogo, Ponte Preta, Coritiba e estava emprestado pelo São Paulo ao São Bento, time que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.

O São Bento se pronunciou em nota oficial:

O Esporte Clube São Bento lamenta a morte do meia Daniel, confirmada pela assessoria de imprensa do atleta na noite deste domingo (28). O jogador foi contratado por empréstimo do São Paulo para reforçar o elenco do São Bento na Série B. A causa da morte ainda não foi informada. A diretoria do clube lamenta o fato ocorrido e se solidariza com a família e amigos do jogador nesse momento de profunda tristeza.

O São Paulo, clube com o qual Daniel tinha contrato até dezembro, se pronunciou no Twitter:

Do GLOBOESPORTE.COM