Romeu Zema estava acompanhado de João Amoêdo em comemoração após vitória em MG — Foto: Raquel Freitas/G1

O candidato Romeu Zema, do partido Novo, foi eleito neste domingo (28) o novo governador de Minas Gerais. O candidato do Novo, vencedor do 1º turno, voltou a derrotar Antonio Anastasia (PSDB) no 2º turno e vai governar o estado a partir de 1º de janeiro de 2019, no lugar de Fernando Pimentel (PT).

Com 100% das urnas apuradas, segundo o Tribunal Superior Eleitoral, Zema teve 71,80% dos votos válidos (6.963.806 votos) e Anastasia teve 28,20% dos votos válidos (2.734.535 votos) . O tucano teve menos votos do que no primeiro turno, quando teve votação de 2.814.704 eleitores.

Votos brancos (476.483) e nulos (1.889.351) somaram 2.365.834. Houve ainda 3.631.177 abstenções. Somados brancos, nulos e abstenções, chega-se a 5.997.011votos, mais que o dobro dos votos de Antonio Anastasia. Os votos válidos totalizaram 9.698.449.

Segundo ele, a equipe de transição será constituída a partir desta segunda-feira (29), mas ainda não há definição de nomes do secretariado.

Romeu Zema Neto nasceu em Araxá, no Triângulo Mineiro, tem 54 anos, é divorciado e pai de dois filhos. Ele é empresário e formado em Administração de Empresas. Começou a trabalhar aos 11 anos. Foi cobrador, frentista, balconista, estoquista, caixa, comprador, vendedor, analista de marketing, analista comercial e gerente.